Saiba como mobilizar os moradores para as assembleias



28.01.2016, Por: admin

A reunião de condomínio não costuma atrair muita gente na maioria dos prédios residenciais de São Paulo. Cerca de 70% dos moradores não comparecem às assembleias.

O baixo quórum acontece especialmente nas chamadas Assembleias Gerais Ordinárias, nas quais são discutidos temas importantes para o condomínio, como eleição do síndico, aprovação da previsão orçamentária e das contas do exercício anterior, entre outros.

Nas assembleias extraordinárias, o número de presentes também costuma ser baixo. Nesses encontros são colocados em discussão itens como investimentos em segurança, fechamento de sacadas, aprovação de obras e benfeitorias e alteração na convenção ou no regimento interno do condomínio.

Os síndicos devem trabalhar para mobilizar os moradores, visando ampliar o número de participantes nas assembleias, uma vez que as decisões tomadas nesses encontros afetam a todos os condôminos.

Dicas para obter maior participação de moradores nas assembleias:

1 - Procure mesclar temas importantes com outros que atraiam interesse dos condôminos. Assim, a presença será maior.

2 - Coloque na pauta apenas assuntos realmente relevantes. Desta forma, as assembleias ficam mais curtas e menos cansativas.

3 - Promova a integração dos condôminos com eventos extra-assembleia. É mais fácil ter adesão dos moradores em um condomínio com clima mais amistoso.

4 - Para condomínios muito grandes, vale fazer um pequeno evento após a assembleia, como um coquetel, um lanche ou mesmo um eventual sorteio de prêmios.

5 - Estimule a gestão participativa no condomínio. Uma boa dica é criar comissões específicas para que os condôminos participem, como comissão de decoração, de obras e de síndicos-mirins, entre outros.

6 - Acerte no horário. Cada síndico deve conhecer bem os seus moradores e procurar agendar a assembleia num horário positivo para a maioria deles.